Planejando uma viagem para a Índia

Desde que eu me mudei pra Irlanda eu fiz alguns amigos Indianos. Cheguei inclusive a dividir uma casa com algum deles. E entre conversas e mais conversas, compartilhamos muitas experiências e aprendi muito sobre a cultura da India. Tive a sorte de morar com um Indiano que cozinhava muito bem e me apresentou para a cozinha Indiana. Curiosa como sou, também fiz algumas perguntas sobre assuntos que são vistos como tabus em outras sociedades, como o casamento arranjado e castas, por exemplo.

É claro que com o tempo eu passei a ter muita vontade de conhecer a India, mas eu queria ir em um momento em que todos nós estivessemos juntos por lá. E isso aconteceu quando um dos nossos amigos se casou em Jaipur.  Foi assim que começou nossa viagem pra Índia

Tipos de viagem: Casal e amigos.

Tópicos desse post:

  • Como aplicar e receber o visto pela internet
  • Quais as vacinas necessárias
  • Dirigir ou não dirigir na India
  • Reserva de tour com guia e motorista (dica de empresa para fechar o pacote)
  • Dicas de sobrevivência & Items importantes para levar na mala
  • Comida: As delícias da Índia. O que provar.

Visto Online

O visto é requerido para quase todas as nacionalidades e felizmente a Índia disponibiliza um sistema de visto online, sem a necessidade de ir pessoalmente ao consulado e nem mesmo enviar o passaporte. Eu adoro países que fazem isso!

O processo todo é muito simples e tudo é feito virtualmente pelo site oficial da Índia. Em poucos dias o resultado da aplicação é enviado via email.  Caso o visto tenha sido aprovado ( Application Status : Granted)  você deve imprimir o visto e mante-lo com você durante toda a viagem.

Atenção: O visto tem que ser aplicado no mínimo de 120 dias antes da sua aterrizagem na India.

Leia atenciosamente os dados do visto, para algumas nacionalidades a vacina da febre amarela é exigida para entrada na Indía, isso pode mudar de país para país.

Vacina Febre Amarela

Como Brasileiros, tivemos que comprovar a vacinação contra a febre amarela através de um certificado internacional de vacinação. No nosso caso, fomos a uma unidade da Anvisa e o certificado foi impresso na hora. Leve a carteira de vacinação e assim toda o seu histórico de vacinação será listado na versão internacional.

Também é possível retirar este documento caso você more no exterior. Veja aqui no site oficial como requerer este documento.

Dirigir ou não dirigir na India

Como boa paulistana estava certa que poderia dirigir em qualquer lugar do mundo, incluíndo a Índia. Eu sempre soltava a frase “Se eu dirijo em São Paulo, eu dirijo em qualquer lugar”. Bom, a coisa não é bem assim!

A única regra no transito da Indía é não ter regras

O trânsito é tão, mas tão caótico que é difícil até de explicar tanta confusão. Porém, apesar de toda bagunça todo mundo parece se entender e chegar no destino.

A buzina é utilizada como meio de comunicação de trânsito para tudo:  trocar de faixa, avisar um pedestre que esta próximo dele, se tem um macaco ou uma vaca na rua, fazer conversão, legal ou ilegal, se é que isso existe por lá, e pra nada também. E não é uma buzinadinha de leve não, é é aquela buzina com gosto mesmo!

A Rotatória ou Rotunda é como se fosse um obstáculo que colocaram lá na rua e que tem que ser ultrapassado. Como? Do jeito que o motorista quiser. Pela direita ou pela esquerda, por cima ou por baixo, tanto faz, apenas passe.

Marcações de rua como faixa, placas de proibido conversão, proibido buzinar, sentido contrário e semáforos são totalmente ignorados. Vimos carros e motos conduzidos na contra-mão em avenidas!

Ponto de ônibus pra que? As pessoas saem de onde devia existir calçada e andam até onde o ônibus esta parado no trânsito na terceira faixa.

Sendo assim, paulista ou não paulista, pense bem antes de se arriscar a dirigir por lá.

Passeio com motorista e guias

Depois de aceitar que teríamos que contratar um motorista começamos a procurar por empresas de turismo. Mas como procurar por um serviço como esse em um país tão diferente?

Entramos em contato com algumas empresas até encontrar a Times India Travel. Todo o acordo foi feito com o Vijay. Todas nossa perguntas foram esclarecidas rapidamente e ele nos ajudou a montar o melhor pacote de acordo com nossa flexibilidade. O nosso passeio tinha que acabar em Jaipur antes do casamento.

Escolhemo por fazer o o Golden Triangle – Delhi, Agra e Jaipur – pacote com hoteis 3 estrelas com guia e motorista. Uma opção que super recomendamos.

As condições de pagamento: 50% do valor total do passeio de entrada e o restante na India. Tive um pouco de receio por se tratar de uma empresa que encontramos na internet, mas tudo ocorreu bem o Dineshi, nosso motorista, nos esperando com uma plaquinha de boas vindas no aeroporto!

Tivemos um guia diferente para cada cidade. Os passeios começavam de manhã e acabavam antes de escurecer. Os guias eram bastante atenciosos, prestativos e simpáticos. Nos sentimos muito seguros por ter um local como guia, além da certeza que fizemos os melhor com o nosso tempo indo apenas em lugares recomendados. O nosso motorista foi quem ficou mais tempo com a gente e ele foi sempre muito legal e amigavel

Os hotéis eram realmente ótimos. O único problema e foi algo em geral em todos os hotéis foi a internet que além de cobrada a parte era péssima. A única exceção foi o Holiday Inn Jaipur, que é um hotel de rede internacional. Porém todos os hotéis tinham com café da manhã inclusos, serviços excelente e os quartos eram bem silenciosos.

Fícamos totalmente satisfeitos com o serviço da agência de viagem e indicamos a empresa para quem queria visitar a Índia.

Dicas de sobrevivência & Itens para levar na mala

Antes de mais nada, vá de mente aberta e veja toda as diferenças commo uma experiencia única em um país de cultura rica, muito espiritual e com muitos costumes diferentes.

Regra no. 1 e a mais importante: Cuidado com a água! Beba apenas água engarrafada e lacrada. Verifique o lacre.  Todos alimentos que podem ter sido feitos/lavados com água de torneira devem ser evitados, isso inclui: sucos, saladas e gelo. Acredite ou nao vimos garrafas vendidas como água engarrafada, mas com o lacre violado. Os Indianos bebem água da torneira por já serem resistentes as bacterias locais.

Ficar doente após viagens para a Índia é tão comum que existe até um termo especifico para a doença em inglê: Delhi belly (Delhi é referência a capital da Índia)

Leve papel higiênico. Existe a possibilidade de não ter papel higiênico em lalguns lugares. Algo que não vai acontecer em lugares turísticos. Em todo caso, melhor ir previnido.

Nem todo lugar tem vaso sanitário. Essa dica vale para vários países não só a Índia.  E se pararmos para pensar por um minuto parece bem mais natural mesmo. Sendo assim, aproveito o momento para ser mais saúdavel. Novamente, isso não vai acontecer em lugares turísticos.

Leve com você alguma comida de casa. A maioria dos alimentos encontrados na Índia são curries – que é uma comida tipicamente Indiada. É uma delícia mas depois de algum tempo, tudo que queremos é um pouco do saber de casa e não é muito fácil de achar. Sendo assim, convém levar algumas comidas secas dentro da mala despachadas, tais como bolachas e biscoitos.

Não dê atenção a vendedores de rua. O fato de estar com um guia ajuda muito a evitar que as pessoas insistam para que você compre algo. Caso você dê a menor atenção eles vão insistir muito até você comprar algo. Apesar de ser muito triste a dica aqui é: Ignore vendedores de rua.

Para locomoçao, utilize o Uber. Dessa forma, é possivel se locomover sem ter que interagir com o motorista que pode ou não falar inglês. Além do fato de que o valor do serviço é descontado direto da sua conta.

Caso queira pedir comida, use o Zomato (app).

Comida: As delícias da India. O que provar.

A Índia é o sonho do vegetariano, tanto que existiam até propagandas de restaurantes com esta chamada. Existe até a opção de hotel totalmente vegetariano. E pasmem, o produto principal do Mc Donalds lá não é o Big Mac mas o  Veg Maharaja Mac!

MC Donalds (3)

E aqui esta a lista do que você tem que provar na Índia:

Masala Tea/Chai

Masala significa mistura de especiarias. O Chai, aquele da novela mesmo, é a versão  indiana do chá Inglês (preto), com especiarias como: gengibre, anis, cardamono, cravo, e acredite se quiser, pimenta. Apesar da combinação não ser da mais habituais é uma DELÍCIA! Tem que provar!

Paneer

Panner é um queijo MARAVILHOSO que eu sou fã desde muito tempo. Quando eu estava triste meu colega de apartamento colocava esse queijinho em cima do micro-ondas com muitas especiarias Indianas para fazer curry para me animar. E conseguia! 😊

A india é a terra do Panner. Até o Mc Donalds vende panner, tudo tem paneer. É um sonho!

Naan

Outro queridinho desde muito tempo, o naan é um pão delicia que eles comem com praticamente tudo. E tem Naan com e sem recheio. Tem Naan com alho e pão com Paneer.

Gajar Ka Halwa

Outro querido e adorado por mim e pelo meu namorado, este é um doce de cenoura feito com cenoura, especiarias e leite condensado. Uma delicia e outra comida feita para me animar quando era necessário.

Anúncios

Lisboa – Às margens do Rio Tejo

To read this post in English

Veja o mapa com esse todos os pontos citados neste post.

DSC_0488
Praça do comércio

Muitos brasilieros tem uma visão distorcida de Portugal, e comigo não era diferente. Desde a escola nós somos ensinados que Portugal explorou o Brazil. O que não deixa de ser verdade, porém, Portugal estava fazendo o que todos os países colonos faziam na época. Esta era a mentalidade da década. (Post sobre Portugal Império e Brasil Colonia aqui.)

Por causa desse sentimento, Portugal não estava na minha lista de países para visitar. Até que um dia eu fui a Portugal para ajudar meu namorado a escolher em qual faculdade ele iria estudar. Eu fiquei apaixonada por Portugal. Ainda mais pra mim, que já morava por anos na Irlanda, estar em Portugal era matar um pouco da saudade da  língua e são tantas semelhanças boas misturadas a tantas outras coisas boas propriamente Lusitanas, que eu me senti muito acolhida.

Desde esta primeira visita em 2013, eu viajo todos os anos para Portugal, conheço Portugal de Braga ao Algarve, já morei em Coimbra por três meses, conheço Sintra, Aveiro, Cascais e algumas outras cidades. Acho que daí já dá pra perceber que eu adoro portugal, certo?

Lisboa

Como fazer uma introdução de Lisboa? Lisboa é uma cidade tão completa: incrível para quem gosta de história, boa pra quem gosta de festa e atividades noturnas, excelente para quem gosta de comer bem, fantástica para quem gosta de arquitetura, tem uma imensidão de atividades culturais, shows etc. Uma cidade com  transporte público eficiente e completo. E a cereja do bolo, Lisboa é uma cidade extremamente barata quando comparada com outras cidades da Europa. Fazer compras mensais em mercado por 150 euros não é algo fora de realidadae em Lisboa.

Céu azul e limpo na maior parte do tempo, chove pouco em Lisboa.  O verão é extremamente quente, ótimo para ir a praia. O inverno é bastante agradável e a temperatura fica em torno de 17°C – que é considerada verão para muitos países europeus.

As margens do Tejo – O guia de caminhada

  • Estação de metro para ínicio do passeio: Terreiro do Paço – Linha Azul
  • Tempo para passeio: 1 dia.

O tejo é um rio de importancia histórica. Era de lá que saíam muitas embarcações para desbravar o mundo, e foi de lá que saíram as caravelas que chegaram no Brail em 1500. Mudando assim a história do mundo todo.

Partindo da praça do Comércio sentido a ponte 25 de abril, tem muitas coisas a descobrir.

A praça do comércio

Nota histórica: Em 1 de novembro de 1755, Lisboa foi praticamente destruída por uma sequencia de desastres: Um terremoto, um Tsunami e muitos incendios. Grande parte do que esta neste passeio foi completamente destruído e reconstruído após os desastres.

A praça do comércio é um amplo pátio, cercado por um prédios por tres lados e, no quarto lado, completando o quadrado, temos a entrada da cidade pelo rio Tejo. Na extrema oposição do rio, encontra-se arco Triunfal da Rua Augusta que é a entrada para a Baixa, que em tradução para o Portugues brasileiro é algo como o centro da cidade.

DSC_0482
Arco Triunfal

No rio há uma plataforma que era usada para defender a cidade, como é possível ver na imagem abaixo.

Praça do Comércio em 1740
Praça do Comércio em 1740. Fonte: Wikipedia

Praia Urbana

Andando em direção a ponte 25 de abril, você vai encontrar uma praia urbana. Não se engane, por mais que pareça o mar, você ainda esta às margens do Rio Tejo. Esta praia tem uma área inclinada para deitar e relaxar, é um bom lugar para uma paradinha estratégica.

lisboa042014 (87)

Quiosque

Um pouquinho mais adiante, tem um quiosque para tomar um refresco, sentar um pouquinho, escutar uma música e apreciar a paisagem.

Atalho ou caminhada?

Chegamos a um ponto de decisão do tour: Andar até o Mosteiro dos  Jerónimos e ver paisagens lindíssimas ou ir até o local de transporte público.

O total de caminhada de Cais de Sodré até o Mosteiro é de 5,5km, aproximadamente 1h e 30m de caminhada.

DSC_0506
No caminho pra Belém
  • Autocarros / Onibus : 727, 28, 729, 714 e 751
  • Eléctrico: 15
  • Comboio / Trem: estação de Belém

É possível também fazer um pouco dos dois, ir até onde aguenta a pé e continuar de trem. O caminho do trem até paralelo ao rio Tejo.

Pastel de Belém só em Belém

IMG_4419.jpgEu sei que você já pediu um pastel de belém na padaria, mas a não ser que você estava em Belém, você estava errado.  Pastel de belém é só aquele feito em Belém. Todo o resto é pastel de nata. Pois é amigos, fomos enganados a vida toda! Os dois são iguais, é só uma questão de nome mesmo e os Portugueses respeitam os nomes.

O local mais famoso para comer o doce é a  pastelaria de Belém que fica muito perto do convento do Mosteiro dos Jerónimos e do marco dos descobrimentos.

O Pastel de Nata/Belém é o doce Portugues mais famoso entre todas as delicias portugusesas . Ele é feito com uma casquinha de massa folhada, bastante crocante e sequinha, recheada com gema de ovos, baunilha e açucar que derrete na boca, gratinada para que fique uma casquinha em cima. Você pode ou não polvilahr um pouquinho de canela! Totalmente recomendado.

História do pastel de belém

Muitos dos doces portugueses é feito com as gemas dos ovos e há um motivo histórico e muito interessante para isto.

Muitos anos átras, as freiras usavam as claras dos ovos para engomar roupas e então as claras sobravam. Foi então que felizmente elas começaram a fazer doces com os restos dos ovos. resultando nos doces como pastel de belém, fios de ovos, ovos moles, Brisa de Liz…

Mosteiro dos  Jerónimos

O Mosteiro dos Jerónimos é localizado quase na esquina do Pastel de Belém. O Mosteiro, construído no século XVI, pertencente a ordem religiosa católica de São Jerónimos.O bilhete individual custa 10€. Estudante e pessoas com mais de 65 tem desconto.

Horários: Outubro a Abril das 10 às 17:30 / Maio a Setembro: 10 às 18:30

Infelizmente eu não fui com a minha máquina fotografica no Mosteiro, mas o lugar é incrivelmente lindo e eu recomendo o passeio. Prometo voltar, tirar novas fotos e atualizar este post. 😉

Monumento aos Descobrimentos

Quase que em frente do Mosteiro de Jerónimo fica o Monumento aos Descobrimentos, também conhecido como: Monumento aos Navegantes e Padrão dos Descobrimentos.  Este monumento foi construído para a memória da época de ouro de Portugal, a época da exploração maritima, que resultou no ‘descobrimento’ de muitas terras incluindo o Brasil.

O monumento é em forma de uma caravela Portuguesa e esta populado por várias nomes importantes para a história de Portugal tais como: Vasco da Gama, o rei Afonso V, Pedro Alvares Cabral entre outros. Todos alinhados na caravela e sendo guiados por Henrique, o navegador, um personagem importante para a era dos descobrimentos.

Inclusive, próximo ao monumento, no chão é possivel encontrar no chão o desenho de uma Rosa-dos-ventos.

Outro local muito interessante para quem gosta de história

Até a próxima.

Portugal pelo olhar brasileiro

Portugal nunca esteve na lista de lugares que eu gostaria de visitar.  Interessante é que conversando com meus amigos, eu notei que muitos também subestimam Portugal. Consideram qualquer lugar na Europa e raramente Portugal.

Muito desse sentimento esta relacionado a forma como os brasileiros estudaram o Brasil colonial na escola. É um conceito de que o “Brasil foi colonia de exploraçao, enquanto países como Estados Unidos foram colonia de povoamento”. Essa é a desculpa do brasileiro pra jogar todos os problemas do país lá pra 1500-1822 e no colo dos portugueses.

Se isso fosse verdade, a Austrália, que entre 1788 – 1868 era  praticamente a cadeia da Inglaterra, seria hoje um país absurdamente inseguro. A Alemanha, menosprezada e destruída após a primeira guerra mundial (1914 – 1918) nunca se reergueria. Nunca teria sido forte o suficiente para iniciar a segunda guerra mundial (1939 – 1945), ser destruida novamente, se reerguer outra vez e hoje comandar o bloco que foi feito exatamente para evitar que ela ficasse forte mais uma vez. Parece que não deu muito certo. rs

Claro que eu usei apenas países que conseguiram se superar, reinventar e prosperar. Daí você pensa ‘mas, Andréa, e a Índia? Porque vc não cita a Índia, por exemplo’. Ok, vamos lá. A Índia era um país muito rico até a chegada dos Ingleses. O resultado e o reflexo da policia inglesa esta lá ainda, fortissima. Porém, a Índia ficou indepente da Inglaterra em 1947, o Brasil tornou-se independente de Portugal em 1822. E antes de ser colonia da Inglaterra, a India foi colonia de Portugal, Holanda e França. A primeira sendo Portugal em 1498.  Percebem a diferença?

Outro ponto que as pessoas adoram falar sobre o período Brasil Colonia é a exploração. Veja bem, nesta época não havia nenhuma colonia baseada em amizade, lealdade e fraternidade. Exploração era um pensamento da época e é muito fácil ler a história e culpar o passado. Quando D. João saiu de Portugal fugindo de Napoleão ele levou consigo todos os membros da corte e o tesouro do país. Em uma noite os Portugueses se viram sem rei, sem nobreza e sem dinheiro. Quando teve que voltar para Portugal para evitar deposto com a revoluçao de Porto, D. João fez a mesma coisa que fez com os Portugueses. ‘Ahh então você esta falando que esta tudo certo?’ não! Esta bem errado, mas não somos as vitimas coitadinhas, única e solitária dentro de um mar de boas ações da época.

Na verdade, alguns membros da coroa, gostavam muito do Brasil, excluíndo Carlota Joaquina que odiava nossa terra. E existe alguns documentos que levam a crer que a coroa já pensava em mudar para o Brasil antes mesmo da ameaça napoleônica.

Já ouvi algumas pessoas brincando que queriam ser colonizados pelos Ingleses e, amigos, de verdade, seria um pesadelo. Os ingleses dessa época sentiam-se superiores a todas as raças. Aqui na Irlanda, a ilha vizinha, eles já tratavam os irlandeses como inferiores e matavam os que não falasse a língua inglesa. Na india então, eles eram tratados como animais. Além da fome que , coincidencia ou não, estou mais pra não, todos os países que foram dominados pela Inglaterra e que se rebelavam de alguma forma sofreram com fome e tiveram a populaçao consideravelmente reduzida. A grande fome da batata da Irlanda, 1845–1849, matou 3/4 da população Irlandesa. Além de muitos falarem que a Inglaterra foi culpada pela guerra e por  manter os irlandeses dentro da ilha enquanto a comida estava contaminada. E eu nem vou falar das carnificinas… Sendo assim, Portugal não foi bom com o Brasil, mas é como dizem, sempre podia ser pior.

Um bom livro para ler sobre a história do Brasil e de Portugal é a trilogia de Laurentino Gomes que começa com a mudança da corte para o Brasil. Um livro baseado em fatos e sem puxar lados. (Livros: 1808, 1822 e 1889)

Hoje em dia…

Muita coisa mudou desde que o Brasil ficou independente. Muitos dizem que pra pior, muitos afirmam que foi pra melhor. A questão é que algo notável acontece quando você vai para Portugal. É como se de alguma forma nós tivessemos colonizado a terra lusa.

Os Portugueses consomem muito mais a nossa cultura do que nós a deles. É muito fácil encontrar lojas brasileiras em portugal e até mesmo comida brasilera. E eles assistem nossas novelas – se bem que eu já vi novela brasileira até na Russia, acho que o mundo inteiro assiste nossa novela haha.

E o mais legal é que os Portugueses dizem que Brasil e Portugal são países irmãos! E não ache que isso acontece com todos os países que eles colonizaram não. Eles tem uma certa admiração pelo Brasil.

E de certa forma, mesmo sem saber ou afirmar isso em alto e bom som como os Portugueses, nós somos sim irmãos, pois! Portugeses adoram fazer uma boa patuscada –  o nosso churrasco. Gostam de beber cerveja depois do trabalho. Gostam de café. Não fingem sentimentos, dizem mesmo o que pensam. Adoram doces bem doces e gordos, comidas bem servidas e salgadas. São muito acolhedores e amigáveis. Adoram receber em casa. Tudo isso nós herdamos de Portugal, essas coisas não acontecem em todos os países. E que sorte a nossa!!!

Mount Congreve – Jardins de Waterford, Irlanda

blog_camera (6 of 45).JPG

This post in English.

Tenho que confessar que infelizmente conheço pouco de Waterford. Algumas das atrações legais da cidade não estão na rota do transporte público, mas existem lugares que vale a pena fazer um esforço e desembolsar um pouquinho.

O condado de Waterford tem o chamado Jardins de Waterford. São compostos de 14 jardins, sendo os mais famosos o Curraghmore house & Gardens. Eu realmente espero conhecer todos os 14 jardins e compartilhar isso com vocês. Por enquanto vamos começar por um que eu conheci e que eu achei impressionante: O Mount Congreve Continuar lendo “Mount Congreve – Jardins de Waterford, Irlanda”

Taiwan para vegetarianos

To read this post in English click here

Ser vegetariano não é fácil em ligar nenhum e um desafio para quando você está em um lugar que não entende a língua. Porém , eu gosto de pensar nisso como parte da aventura que é conhecer novas culturas, sair um pouco da zona de conforto e passar alguns perrengues.

Nos primeirs dias por lá, assim como nas outras vezes, eu tive a sorte de ter uma pessoa local me acompanhando para os lugares certos. Uma delas era vegan (Thanks Ida), o que ajudava ainda mais. Ela sempre pedia minha comida e, as vezes, eu nem sabia direito o que eu estava comendo.

Estar aberto para novas experiências como essa enriquecem não apenas nossa cultura, mas nos ensinam novos sabores e opções de comida. Muitos amigos comentaram que não comem comida diferente e eu sinto muito por eles. Então vamos a primeira diferença cultural.

Continuar lendo “Taiwan para vegetarianos”

Dois dias em Taipei – Taiwan

This post in English

Esta foi minha terceira visita a Taipei mas a primeira que eu decidi conhecer Taipei.  Resumidamente, Taipei é um lugar com uma arquitetura incrível, cultura super diferente e interessante e uma imensidão de coisas pra fazer.

Neste post:

  • Visto – Como dar entrada.
  • Temperatura
  • Onde ficar
  • Passeando por aí ( transporte publico)
  • Segurança
  • Templos – Confucius, Longshan
  • Shiling Night Market
  • Taipei 101 & Damper

DSC_0371.jpg

Visto

Brasileiros precisam de visto para entrar em Taiwan. E fiquem espertos, eles são bastante rigorosos para a concessão do visto. Infelizmente, não é possível fazer o visto online e eu tive que ir na embaixada de Taiwan para dar ínicio ao processo. O processo  completo demora aproximadaente uma semana.

A imigração no aeroporto de Taiwan também é bastante restrita e a fila é longa. Eles fazem bastante pergunta e isso faz com que todo processo demore. Também é necessário passar pela imigração para sair do país.

Temperatura

Eu visitei Taiwan no inverno e no verão.  O inverno era bastante agradável mas o verão é extremametne quente. A umidade do ar é altíssima e deixa o ar bastante díficil de respirar. Enquanto eu estava lá a temperatura foi superior a 40º.

Claro que com todo esse calor foi um pouco díficil de andar por lá. Em todo caso, mesmo com esse incoveniente foi possível aproveitar bastante a cidade.

Onde ficar

Eu fiquei no Hotel Mezi. Eu escolhi este hotel por ser próximo a estação de metro e por estar perto da maioria dos meus lugares de interesse. E sinceramente, eu fiquei muito feliz pela escolha. O local do hotel e bastante calmo e ao mesmo tempo bem central, próximo da estaçao vermelha que liga alguns dos pontos turisticos mais importantes: Taipei 101, Shilin Night Market e o templo de Confucios. e duas estações da estaçao central que dá acessa a todas as outras linhas.

O hotel também era bastante divertido e os quartos eram temáticos. Meu quarto era de Alice no País das Maravilhas e tinha uma daquelas privadas de super-tecnologia que passei muito tempo tentando descobrir como funcionava.

A equipe da recepção foi bastante amigável. No preço do hotel estava incluso café da manhã com french toats, salada e suco franceses.

Passeando por aí (transporte publico)

O metro de Taiwan é excelente. Muito organizado, eficiente e limpo – inclusive no domingo. Veja o mapa do metro aqui

Opçoes de bilhete

O metro oferece algumas opções de bilhete:

  • 24h NT$150 (15.43 reais / 4.17 EUR).
  • 48h NT$280 (28.80 reais / 7.80 EUR)
  • 72h  NT$380 (39.09 reais / 10.58 EUR)

E o que acontece com esse povo e gatinhos??

Do aeroporto para a cidade – ou o caminho inverso. Economizando

O taxi do Hotel para o aeroporto ia custar por volta de NT$1,500 (154.33 reais / 41.60 EUR) e eu achei este valor um pouco alto já que existiam outras opçoes como o metro de rápida velocidade (HSR) por NT$116 (11. 93 reais / 3.23 EUR)

O único problema seria como chegar lá até esta especifica estaçao com as malas.Eu fiz o caminho todo a pé sem as malas e era bem longinho. Então eu paguei um taxi até a estação do Metro de alta velocidade (uma be próxima do North Gate) e paguei o total de NT$90 (9.26reais / 2.50 EUR).

A viagem foi rápida e fácil e no final economizei  133 reais / 35.27 EUR.

Segurança

Eu sou medrosa e estou sempre preocupada com segurança. Normalmente, eu sigo a seguinte regra: escureceu não fico na rua – principalmente em países estranhos. Mas eu queria muito mesmo ir no Mercado Nortuno… Eu perguntei para as pessoas se o local era seguro para uma mulher andar sozinha a noite e a resposta foi sempre extremamente positiva.

Ainda com receio eu fui, e incrivelmente eu vi muitas mulheres andando sozinhas em lugares não muito iluminados e vazios. Entretanto, lembre-se sempre que pessoas ruins nascem em todo lugar então não custa estar sempre alerta.

Os templos

Eu sempre imaginei os tempos rodeados de verde, borboletas e envolto de miticismo e magica… A realidade como sempre é um pouco mais dura. Ambos os templos qe eu visitei era rodeado por prédios, pessoas com pressa, trânsito, restaurantes e pessoas com cara fechada.

Mas como mágica tudo se transformou quando eu entrei nos templos. Era como se o mundo inteiro tivesse ficado para trás.

Taipei Confucios templo

Dentro do templo tinha um lago com várias tartarugas, árvores e é claro o templo em si com um teto vermelho queimado cheio de detalhe em dourado.

IMG_3118.jpg

Enquanto eu descansava um pouco e me escondia do sol dentro do templo uma pessoa veio e fechou as portas por pnde eu tinha entrado. O local estava sendo fechado para uma performance e as pessoas que estavam lá dentro podiam assistir e gravar o evento. A temperatura esta super alta e muito desconfortável, por isso não conegui gravar até o final.  Em todo caso, consegui capturar grande parte da performance:

Quando a performance acabou eu fui na loja de souvenir e comprei uma plaquinha de madeira que era pra ser pendurada dentro do templo com um pedido e quando o templo fosse fechado todos aqueles pedidos receberiam uma oração. Foi bastante díficil escolher um pedido em especifico mas escolhi:

DSC_0555

DSC_0500DSC_0526DSC_0516DSC_0549DSC_0496DSC_0502DSC_0515

Logshan Templo de Manka

Enquanto o templo de Confucious foi calmaria o templo de Logshan foi tudo sobre fé. Assim que eu entrei eu tive que desviar das inúmeras pessoas que estava rezando entre imagens e inceso.

Foi aquele tipo de momento que fotos não capturam. E apesar de tirar algumas fotos eu decidi que aquele momento também devia ser só meu e guardei a máquina.

Os detalhes do prédio são impressionantes. Um lugar lindo que definitivamente vai ficar na memória.

IMG_3134 (1)DSC_0590DSC_0586DSC_0569DSC_0570DSC_0585

Shilin Night Market

O mercado noturno é uma atração bastante popular e esta sempre lotado. Então, é seguro ir até lá mesmo sozinho(a).

Vá até a estação Jiantan do metro, siga as placas que apontam para a direção do mercado noturno. Depois de passar pela catraca do metro continue em frente até o primeiro semáforo e atravesse a rua. Apesar de ter algumas barracas de comida logo após o semáforo você ainda não esta no mercado. Continue andando na mesma rua até que você encontre a entrada do mercado com o letreiro que diz ‘Shilin Market’

DSC_0435.jpg

Como sou vegetariana e não conseguia perguntar nada pra ninguém, eu não me arrisquei e acabei comprando salgadinho no 7-eleven (mercado).

DSC_0441
Comidas que você pode comprar no mercado noturno

Além da comida tem algumas oitras atividades estranhas para fazer:

Taipei 101

DSC_0392.jpg

 

Taipei 101 é um prédio incrivelmente alto com 101 andares. Até 2010 este foi o prédio mais alto do mundo.

A viagem até o topo é feito por um elevador super rápido que chega a atingir 60.6 km/h. Lá em cima é possíverl ter uma visão de 360º de toda a cidade.

A arquitetura do prédio é bastante moderna. Por dentro é um shopping com muitas lojas de luxo.

 

 

O pêndulo

No topo e no centro do prédio há uma bola enorme que pesa 660 toneladas que funciona como um pêndulo. O objetivo deste pêndulo é neutralizar os efeitos do vento e de terremotos para evitar comprometer a estrutura do prédio.

damper

Fonte: Taipei 101

damper2.jpg

Fonte: wikimedia

Fiquei muito tempo olhando e imaginando como aquele foi parar ali?  E aquele medo quando você pensa que esta no 101º andar de um prédio, junto com lojas, pessoas e mais uma bola de ferro que pesa 660 toneladas….  E ainda pra piorar,  eles exibem um  um vídeo mostrando o momento de um terremoto e como  pêndulo funciona – e isso tudo acontece pessoas turistando no local. Muito medo – Outro vídeo no momento de um terremoto.

Placebo ou não, eu podia JURAR que o prédio estava balançando.

No caminho de volta

No aeroporto

O melhor portão de embarque de todos

 

Produtos do duty free

Eu comprei um presente (comida) para uma amiga mas infelizmente não consegui passar pela imigraçao da Holanda. Já tinha sido informada em Taiwan que alimentos com porco não passavem na imigraçao holandesa. Então comprei um produto sem este ingrediente, porém, pelo fato da sacola não estar lacrada e o rótulo do produto estar inteiramente em chinês, o produto foi jogado fora.
Caso comprem algo, verifiquem que a sacola esta fechada.

Concerto ao vivo de Game of Thrones – Alerta de spoiler – Miami, Estados Unidos

Alerta de spoiler

Tenha certeza que você esta atualizado até o ultimo episódio antes de ir ao  concerto ou ler este assistir o vídeo aqui.

Continuar lendo “Concerto ao vivo de Game of Thrones – Alerta de spoiler – Miami, Estados Unidos”

Islândia – De tubarão podre até o cachorro quente mais famoso do mundo – Onde comer em Reykjavík

To read this very same post in Englich click here

E então chegamos ao último ponto da nossa viagem – que foi também o primeiro – Reykjavík! Nós estavamos tão cansados depois de tantos dias viajando e , por incrivel que pareça, eu não tinha marcado  nenhum tour então nós decidimos andar… O lugar parece O lugar parece uma maquete, é bem conservado, limpinho, organizado, com lindas casas de madeira e áreas muito coloridas e cheia de vida.

Enquanto andavamos, eu vi muitos lugares legais e enorme variedade de coisas para fazer por lá. Muitas lojas e restaurantes vegetarianos, lugares pare yoga, dança, lojas etc. Talvez eu tenha sido uma tonta e pensado no estoriótipo de que não havia muito a fazer por lá devida a quantidade enorme de neve no local.

Reykjavík me surpreendeu muito e eu adorei ter visitado este lugar.

Culinária estranha – leia, exótica.

Bæjarins Beztu Pylsur – Cachorro quente.

Vamos então começar por algo que todo mundo conhece: O famoso cachorro quente da Islândia. Localizado no centro da cidade, é possível encontar uma van de cahorro quente com uma fila considerável. O nome do local é Bæjarins beztu pylsur – que pode ser traduzido para o melhor cachorro quente da cidade – e na verdade, é conhecido como o melhor cachorro quente do mundo. O dogão não parece ter nada de especial e na verdade é bem simples se comparado com o cachorro quente que comemos em São Paulo.

Dica: Você pode comprar a salsicha e o molho deles no aeroporto.

 

Hákarl, o tubarão podre – Cafe Loki

Eu estava tão curiosa para ver a reação de alguém comendo isso na minha frente simplesmente porque isso parece ser a coisa mais nojenta que eu já ouvi sobre comida:

A carne do tubarão Greenland é envenenada quando fresca devido a alta quantidade de urea e trimethylamine oxide, mas que pode ser consumida após processada.

O método tradicional de processar esta carne é por evisceração e decapitação de um tubarão da Groenlândi, após a limpeza da cavidade o tubarão é enterrado em um buraco raso com areia de cascalho. Pedras são colocadas em cima da areia, a fim de pressionar o tubarão. Desta forma, os fluídos são pressionados para fora do corpo. O tubarão fermenta desta forma por 6-12 semanas, dependendo da época. Após este período de cura, o tubarão é então cortado em tiras e pendurado para secar durante vários meses. Durante este período de secagem uma crosta marrom vai se desenvolver, que é removido antes de cortar o tubarão em pequenos pedaços e servindo.

Tradução do Wikipedia em Inglês – estava mais completinho 😀

Hummm, parece nojento. Como que alguém como isso??

Nós encontramos porções no Café Loki, também localizado no centro da cidade. O preço é 520KR// 14.32 reais. Pode ser encontrado no menu com o nome de Fermented shark 4 bites – to taste (tubarão fermentado, 4 pedaços para degustação). Junto com o pedido vem uma bebida – “Você vai precisar da bebida para limpar o paladar após comer o tubarão”, disse o garçom… A esta altura eu já estava rindo tanto que o garçom me perguntou o que estava acontecendo e eu contei que era vegetariana e não ia comer – Ahhh que triste que eu estava #sarcamo. Então nós dois começamos a rir do Guilherme.

Após o primeiro pedáo ele disse: Não é tão ruim quanto eu achava. Mas depois de um tempo o gosto começou a espalhar e parecia estar bem ruim. E eu estava gravando tudo para o blog mas ele também tinha prometido um vídeo para o amigo dele… então foram 2 pedaços. hahah mais um por que eu falei que talvez o primeiro vídeo não tinha ficado bom – hahahaha tinha sim! Mas eu não ia deixar a opotunidade passar, né?! Atire a primeira pedra quem nunca zuou o namorado. LOL. Eu tive que cobrir minha boca por que eu estava rindo muito e alto no restaurante lotado.

Veja o resultado no vídeo.

Restaurante de tapas

Também localizado no centro da cidade, Tapas é um lugar com imensa variedades de comidas típica da Islândia e tem um menu especial para quem esta procurando uma seleção de comidas locais.

Islândia festa gourmet, saborear o melhor da Islândia – opção Guilherme

Preço: 7990 KR // 66.10Eur // R$ 230

  • Papagaio de bico laranja defumado com molho de blueberry
  • Truta islandesa
  • Lagosta
  • Cordeiro Islandes grelhado da Islândia
  • Baleia com molho de  cranberry
  • Mousse de chocolate branco com coulis de paixão

Festa vegetal / de la huerta – Minha opção (vegetariana)

Preço 7.690 Kr // 63.62 EUR // R$ 217

  • Aperitivo
  • Legumes fritos com queijos, cogumelos e vinagrete
  • Folhado de batata doce com queijo feta, quinoa e coentos servidos com tomate cereja e mussarela mariana em óleo de manjericão trufado
  • Rolo com cevada, aspargos, tomate, berinjela e salas.
  • Mousse de chocolate branco com molho de maracujá

IMG_1665

É bastante raro quando eu saio de um restaurante e estou satisfeita. Na grande maioria das vezes, minha comida é bastante leve e muitas vezes em graça mas eu sai do Tapas extremamente feliz. Ainda mais feliz pelo surpeendente fato que a minha comida era maior e muito mais saborosa do que o prato não vegetariano. Aliás, como alguém pode comer papagaio?

Os pratos são muito bem apresentados, a comida é deliciosa, o ambiente é agradavel e o serviço excelente.

 

A melhor sopa que eu já experimentei na vida

Nós passamos pelo restaurante Núðluskálin algumas vezes no primeiro dia enquanto procuravamos o que comer. Sendo bastante realista subestimamos o local. Nós estavamos procurando por algo diferente mas felizmente demos uma chance a este restaurante. A sopa é MARAVILHOSA, de verdade. Eu não sabia que uma sopa podia ser tão boa.  Estava tão boa que eu tive que procurar a receita na internet e tentar reproduzir a sopa em casa… Estou tentando até hoje! rs!

E assim acaba nossa aventura pela Islândia que deixa muitos ensinamentos e um local que vai deixar saudades.

Beijos,

Andréa Molina

 

Islândia – Nadando entre dois continentes, Silfra

Click here to reay this post in English
  • Valor da atraçao: 141.51 EUR //16.900 ISK (4rd April 2017)
  • Website: http://scuba.is/snorkeling-tours/snorkeling-in-silfra/ 
  • Como chegar no local : a empresa busca em Reykjavík
  • Atração escolhida: Snorkeling no Silfra (tem mais opçoões – incluindo mergulho)
  • Duraçao: 5-6 hours – guided
  • Não é necessário ter certificado
  • Todo equipamento inclusi
  • Fotos e vídeos são permitidos 😀
  • Chocolate e biscoitos depois do tour

O que faz a experiência única

Continuar lendo “Islândia – Nadando entre dois continentes, Silfra”

Islândia – Dentro de uma caverna de lava vulcânica

  • Valor da atração: 54.30 EUR //6.500 ISK // 184 reais (29.03.2017)
  • Estacionamento:  Gratuíto 
  • Website: http://www.thecave.is/
  • Pacote: Cave explorer  (mais opções no site)
  • Duração da aventura: 1,5 horas – guiados
  • Fotos e vídeos permitidos 😀

Continuar lendo “Islândia – Dentro de uma caverna de lava vulcânica”